terça-feira, 1 de janeiro de 2008

A ‘Fraude dos Direitos Humanos’

Nenhuma construção verbal é tão poderosa e tem o poder de desarmar os seus críticos como a expressão "direitos humanos”. Desde a adopção da Declaração dos Direitos Humanos pelas Nações Unidas, em 1948, nenhum governo à face da Terra e nem um único académico amante da liberdade alguma vez evitou esta expressão quando se entusiasmou para a melhoria das condições no mundo. Mesmo assim, desde a adopção desta cláusula dos direitos humanos tem havido um grande aumento na infracção contra os mesmos. A resposta a isso é simples e não representa qualquer contradição nos seus termos. Leia mais sobre este assunto aqui.

1 comentários:

vml disse...

"Democracia" tem mais poder ;-)