sexta-feira, 15 de Fevereiro de 2008

Zeitgeist - documentário oficial (legendado em português)

12 comentários:

Diogo disse...

É o melhor documentário que já vi na Internet. Já o vi mais de cinco vezes.

Paulo Pedroso disse...

Esta porcaria não merece o nome de documentário.

Esta "coisa" não passa de um mero instrumento de baixa propaganda, para que pessoas ignorantes se deixem convencer com as meias verdades e as meias mentiras que aí são produzidas.

Mais espírito crítico, precisa-se urgentemente.

FILHO INÁCIO disse...

Realmente foi um dos melhores documentários que vi em minha vida,
Desvenda e esclarece toda uma vida, na qual fomos submetidos a viver,
enganados e continuamos a ser fantoches das máfias, do poder sujo e e assassino. Ele me tornou um ser mais pensante e menos alienado.
muito obrigado ao autor...que pessoa
admirável e valiosa..
bjos

fabio disse...

Ola so para deixar um comentario ao comentario do sr Paulo Pedroso: Eu nao sei se o Sr. é ignorante ou faz-se.. Este documentario ou como lhe quiser chamar trata se de um alerta para pessoas que andam a dormir (e nao sao poucos)ou que so sao a favor do sistema porque usufruem dele pisando em cima de ums quantos mais incultos. O Documentario e a abordagem a nossa sociedade esta excelente., quer o FMI quer o Banco Mundial ., Reserva Federal seja qual for o nome que lhes derem consigam ou nao dar a volta a este ja sistema corrupto e obsoleto (coisa que duvido)ou nao, é certo que assim nao se podera continuar a viver no planeta... infelizmente tem muita gente de olhos fechados....e outros que teimam em os abrir. Uma saudaçao aos corajosos que se levantarem e digam basta., pela nossa saude ..e dos nossos filhos e netos...

leonardo disse...

adorei esse documentario, na verdade essas provas que apresentaram no comeso do documentario tinha relação com o que eu imaginava de religião e fé em geral. eu tinha essa persepcão pelo fato de eu estudar as religiões e as caracteristicas de cada pessoa da area.
espero que esse documentario não afete o mundo pois aos meus olhos imagino o caus que poderia ser sem a religião.
obs:(apena aprovo a existência das religiões para o equilibrio mundial dos iguinorantes ou convensidos).
eu reparei q nos meus estudos a religião fugiu do contexto q foi criado no nosso tempo atual.
e mesmo com esses problemas ou melhor dizendo farça, é bom para os que não tem rumo na vida.
eu tenho 17 anos e espero descobrir mais entrigas dessas grandes criações que é a religião.
vlw.

leonardo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
leonardo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luiz Bento disse...

Espetacular, expressa de uma forma inteligente com imagens que eu jamais teria competencia e tempo para capturar, além de pensamentos e reflexões. Sou ateu, e não me assustei com nada disso, e a reação é dar gargalhadas, mas um religioso que veja isso, com certeza vai balançar toda sua estrutura de fé. Ele pode não admitir, mas vai ser um ateu enrustido rssss

anonimato disse...

não gostei!
não pelo fato de dizer que não existe, mas pelo modo que o narrador se refere com termos baixos como "essa porcaria", "raio","tretas"..muita tentativa de colocar como "Que Deus manda seu povo para o inferno", sobre os mandamentos se coloca que na época havia um desiquilibrio colocaram os mandamentos para que o povo tivesse medo, sim de fato como se faz com as crianças educação atraves de medo, educação errada!
porém se for ver para viver em sociedade é necessario viver os mandamentos que é claro teve la sua "atualização" para ame o proximo como a ti mesmo, é uma regra para se viver em uma sociedade.
Concordo com que a igreja abusa do poder peincipalmente em relação ao dinheiro e que sua influencia na sociedade é grande que não aceitam ser contestados.
Concordo com a ideia dos "deuses similares" pois ja ouvi muito isso
depois disso vem uma poça de EUA sobre as Torres e isso causa incomodo afinal não se tem problemas só la.
Contudo falta uma postura termos ruins, parece apelar não parece cientifico, parece que usa para converncer porque só os termos usados não são o suficiente.
Pra terminar isso é de minha parte, minha opinião limpa e livre.
Sou catolica? não!
sou evangelica? não!
Espirita? não!
Sou ateu? não!
Estou apenas analisando.

Johnny Drake disse...

Anonimato,

antes de mais, obrigado pela sua participação e opinião.

A parte que refere não diz respeito ao narrador "oficial", Peter Joseph, mas apenas a uma passagem de George Carlin, comediante, orador, actor e fervoroso ateísta.

Curiosamente, quase todas as pessoas ficam "presas" ao primeiro filme e à primeira das 3 partes do mesmo. O segundo e terceiro filmes ajudam a perceber tudo e é conveniente vê-los todos. A Economia de Recursos como alternativa ao Sistema Monetário é muito interessante.

Uma coisa é certa: a Religião DESTRUIU a verdadeira essência espiritual do Homem e desvirtuou completamente o seu caminho. Em nome de "Deus", mataram-se milhares de pessoas em todo o mundo. O problema não é de quem acredita, mas sim de quem utiliza o poder da sua fé para depois "decidir" que os outros não podem acreditar noutras coisas. O "eu é que tenho razão" e "tu e o teu deus devem morrer" nada tem a ver com aquela espiritualidade que as religiões usurparam.

Saudações.

Ale. disse...

Amigos, Toda parte em que o documentário aborda a religião está refutada (TODA MESMO) nesta série com 10 vídeos. Item a item são desmontados e desmascarados...

http://www.youtube.com/watch?v=jlPvJbmUdB8

O resto do doc até que dá para assistir, mas de religião... Quem fez Zeitgeist não entende NADA de religião... E quem continuar acreditando depois das refutações sistemáticas, é porque acredita em tudo mesmo...

Zeitgeist: apenas um filminho moderninho-bacana para pregar o ateísmo-luciferianismo, conforme ensinou Albert Pike.
Abraços,
Ale.

Johnny Drake disse...

Ale, obrigado pela sua participação.

Como sempre, é a parte da Religião que lança mais polémica no Movimento Zeitgeist. Curiosamente, o resto é muito pouco debatido...
Se este é um exemplo de "refutação", então mais uma vez não fiquei convencido. Respeito, naturalmente, a sua opinião, mas não concordo com ela. Noutros tempos, iria para a fogueira. Felizmente, esses tempos já passaram...
Discordo completamente que estes documentários sejam obras "luciferianas". O que se passa é que as Religiões são autênticas prisões de mentes que não suportam qualquer tipo de crítica. Continuam a aceitar "Adão e Eva", provavelmente até que a Terra é plana e que o Sol anda à sua volta. Tal como os "académicos e eruditos" da época, os que procuram "refutar" algo agarram-se aos "especiallistas" que defendem também as suas teorias. Foi sempre assim. A diferença está no ponto em que se tem o Poder... E já houve, repito, uma fogueirinha para acabar a discussão...

A verdadeira espiritualidade e a essência do Ser Humano foram destruídas pelas Religiões! Nós somos Consciência Infinita! Mas este é um blogue revisionista, que partilha interpretações alternativas às "histórias oficiais". Não vou, portanto, falar mais sobre isto... ;)

Saudações!