sexta-feira, 24 de abril de 2009

Alianças Perigosas

Para o fim-de-semana, gostaria de vos deixar esta crónica de Patrick Buchanan - curiosamente, pedi um simples comentário aos senhores do blogue Holocausto sobre a mesma, mas ainda espero sentado.

Depois de ter lido isto, fiquei com muito medo de fazer qualquer comentário. A sério. É que já tenho tantos 'gurus' que dizer qualquer coisa sobre David Duke é sempre um problema. Mas mesmo assim não posso deixar de questionar se este homem, ou Frederick Toben, ou mesmo Germar Rudolf, são assim tão perigosos para o mundo.
Se, por um lado, anda um grupinho de histéricos aos pulinhos a gritar que não podemos dar credibilidade a meia dúzia de lunáticos e que os devemos simplesmente ignorar; por outro, assistimos aos gritinhos histéricos de um outro grupinho que faz tudo para multar e prender pessoas que acusa de promoverem o ódio e de serem um perigo para o mundo.
Afinal em que ficamos?

Vejam este vídeo e tenho um bom fim-de-semana.

4 comentários:

Diogo disse...

Excelente vídeo. Exactamente aquilo que eu penso.

Coloquei dois posts sobre a deportação dos judeus húngaros a partir do site Scrapbookpages. Este site é aquele que com mais ironia e recorrendo sempre a fontes oficiais consegue desmontar melhor o holocoiso.

Prova, sem margem para dúvidas, que os nazis assustaram os judeus (mais pobres) para os obrigar a fugir para a Palestina. Os que ficaram foram para campos de concentração, onde muitos acabaram por morrer de doença e inanição.

A ocupação da Palestina era essencial para os sionistas que dela fizeram uma base militar para controlar o Canal do Suez e os territórios do petróleo a leste.

Abraço

vespa disse...

Caro sr J. Drake
Vai-me desculpar por me meter na sua conversa com o sr Diogo.
Mas acho que está a dar demasiada importância.
À umas semanas, na altura em que andámos a discutir sobre a descoberta das ossadas, fui ao tal blog para comentar, mas quando vi que eram moderados, nunca mais lá voltei. Ou há liberdade ou não. Moderar? Liberdade com moderador? Moderada? Entra moderador, sai liberdade.
Outra pergunta que gostaria de lhe fazer era, se o caro não anda a fazer exactamente aquilo que eles querem? Que fique enrolado em explicações e mais explicações, justificações, etc e, desta forma deixa de divulgar aquilo que pretende.
Lembra-se de à uns tempos atrás eu ter dito que em alguns sítios fui acusado de ser anti-semita, nazi, comunista, etc? Pois acabei por perceber que enquanto me justificava, ou tentava demonstrar que era mentira, não divulgava aquilo que queria. Quando deixei de me preocupar em demonstrar que não sou aquilo que me acusavam, ou de me defender das acusações que me faziam, fiquei livre para expor os meus pontos de vista e opiniões. Algumas surpresas surgiram, quando outras pessoas se puseram do meu lado ou ficaram neutras. É verdade que nunca enveredei pelo insulto ou acusações, nem rótulos mais ou menos “queques”, o que me deu pontos aos olhos dos outros, estivessem eles a favor ou contra.
Só tenho voltado ao blog do sr L Gott porque o sr continua a divulga-lo! O que pretende?
Caro J. Drake o tempo é precioso, não o perca (Claro que o sr faz o que entender).
Um abraço.

vespa disse...

Surpresa minha. Também está com moderador?...
Pela 1ª vez e só desta vez condescendo.

Johnny Drake disse...

Diogo,

Traduz e publica o mais possível . É uma perde de tempo falar com eles. É impossível esse diálogo se eles não valorizam uma única fonte revisionista. Gabo-te a paciência. Eu também tentei ter...


Vespa,

A introdução do moderador apenas serviu para eu me colocar ao mesmo nível deles. Eles sempre tiveram moderador. Mas descanse que vai ser retirado.
Leia a resposta ao Diogo. A minha vida pessoal (sim, sou casado e com filhos! Ao contrário do que foi sugerido por aqueles senhores.) não pode ser afectada pelo blogue, pelas traduções, pelas pesquisas, etc. Por isso, não vou perder mais o meu tempo com eles. Desculpe mas… baixei o autoclismo e fiquei a vê-los rodar, rodar, rodar, até a água os levar!

Um abraço a vocês dois!