sábado, 17 de abril de 2010

Nem Cães, Nem Chineses, Nem Sinal... Apenas Propaganda de Guerra e de Ódio!


O sinal apenas pode ser visto na cena do filme "Fist of Fury, com Bruce Lee...


Durante muitos anos foi considerado um dos melhores exemplos para demonstrar a forma racista como os Chineses eram tratados no seu próprio país durante o início do século passado. Numa altura em que os Europeus, e especialmente os Britânicos, dominavam grande parte da China, um sinal à entrada do Huangpu Park, em Shanghai avisava (supostamente): "Não está autorizada a entrada nem a cães nem a Chineses”.

Durante décadas esta história foi amplamente divulgada. Está citada em numerosos livros, inclusivamente nos escritos do primeiro presidente republicano Chinês, Sun Yat-Sen. John K. Fairbank, historiador da Universidade de Harvard, refere-se, no seu estudo de 1986, The Great Chinese Revolution (p. 147) ao “muito mencionado (mas nunca fotografado?) sinal no Jardim Público de Shanghai, 'Não está autorizada a entrada nem a cães nem a Chineses'”.

Mais: parece que não existe qualquer registo de alguém que tenha visto o sinal infame e que a origem precisa dessa história foi sempre obscura.

A questão voltou a levantar furor quando um jornalista Chinês [há uns anos] anunciou que, após uma investigação mais aprofundada, tinha chegado à conclusão de que o sinal nunca tinha existido… Podem continuar a ler mais sobre este assunto aqui e também aqui.

3 comentários:

Diogo disse...

Há que diga que os judeus, tal como tomaram conta da Rússia, também tomaram conta da China.

Stefano disse...

vi filme do Bruce Lee ke abordava o imperialismo japa na China... tinha jardim japa ke tinha essa placa!

Johnny Drake disse...

Pois... tal como eu disse, a placa só é vista NO FILME... colocada SÓ PARA O FILME... e DESTRUÍDA PELO BRUCE LEE NO FILME... Não passa de um adereço do filme, Stefano.

Independentemente disso tudo, ela poderia até ter existido. Mas pelo que foi investigado, não existiu e não passou de um mito.