segunda-feira, 18 de outubro de 2010

A Morte de Castan

Uma grande falha que apenas pode ser justificada pela minha vida pessoal e profissional que me impede de actualizar com mais frequência este espaço.

Comunico aos Amigos o falecimento do escritor e editor, meu amigo pessoal e cliente por mais de 20 anos, Siegfried Ellwanger Castan.

No final da década de 80, logo quando comecei a advogar, fui procurador por Ellwanger, o qual havia sido expulso da Câmara Riograndense do Livro. Nenhum advogado, no Rior Grande do Sul, e, acredito, no Brasil, queria pegar sua causa. Eu aceitei, não por comungar com suas idéias - ele era socialista, inclusive admirador de Fidel Castro (mas não era comunista), e eu, um ferrenho combatente contra a esquerda. Mas aceitei a causa, não uma, mas inúmeras, porque entendi que Ellwanger estava sendo massacrado, não pela direita, mas, pior, pelo SIONISMO INTERNACIONAL, que eu também não engulo. Vencemos inúmeras batalhas judiciais, aqui no Rio Grande e também em São Paulo. Perdemos, posteriormente, em Brasília, mas não de forma unânime. Defendi-o, várias vezes, contra as maiores arbitrariedades policiais que já presenciei, tendo ele a editora invadida, com livros presos, existindo, ainda, mais de 4.000 livros de sua editora presos no Foro Central de Porto Alegre.

Pela defesa que fiz do Ellwanger, fui taxado de nazista, fascista e tudo o mais que o diabo cagou na Terra. Que beleza! Ora, para quem me conhece, nada de estranho, pois a coisa que mais desprezo é a covardia ou subserviência. Grande Ellwanger, que o Patrão lá de riba o tenha na santa paz. Ninguém mais do que eu para afirmar que tinhas um grande coração e uma alma humana grandiosa. E, mais do que isto: foste um rebelde, um lutador incansável, um verdadeiro Don Quixote dos nossos tempos. Ele faleceu no dia 11 de setembro de 2010.

Carancho


Podem ler mais depoiumentos sobre a morte de Castan aqui.






2 comentários:

Stefano disse...

O sionismo teve relações dúbias com o nazismo

Thiago disse...

Fico muito triste com a noticia, fiquei sabendo semana passada, porém , não obtive maiores detalhes. Gostaria de saber a causa e onde foi sepultado. Eu não o conheci, mas tenho todos os seus livros, não comungo de suas ideias, porém acho importantissimo que no mundo conteoporaneo as pessoas se manifestem, principalmente como fez Castan, através da inteligencia. Que Deus o tenha, sem duvida, um grande homem