quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Os Livros da Quinta



Realistic Visionary: A Portrait of George Washington - Um dos maiores mitos de sempre sobre George Washington é que, imediatamente após ele ter feito o juramento para se tornar o primeiro Presidente da nação, terá solenemente adicionado as palavras, "Que Deus me ajude" e assim terá começado uma tradição que foi sempre seguida desde aí.

Infelizmente, a este mito, aceite por historiadores como David McCullough e Kenneth C. Davis, é dado ainda mais credibilidade com o vídeo disponibilizado pelo “The Joint Congressional Committee on Inaugural Ceremonies” [Comité do Congresso Para Cerimónias Inaugurais] realizado pelo Comité de Regras do Senado. Com o título, “Que Deus me ajude”, mostra presidente após presidente proferindo as palavras e cada um declarando que foi George Washington o primeiro a usar a frase. Na realidade, um exame às provas históricas mostra que tal reivindicação é, quase certamente, falsa.
Leia mais aqui sobre este assunto.



Já tínhamos falado dele aqui, mas penso que a obra é suficientemente pertinente para que mereça uma nova abordagem.

Hitler's Fate - Apesar do consenso histórico de que Hitler se suicidou no fim da Segunda Guerra Mundial, ainda existem algumas perguntas sem resposta. A maior pergunta ainda é: Ele, realmente, cometeu o suicídio?


Outras perguntas importantes que ainda esperam uma resposta convincente são:

  • Se Hitler, realmente, se suicidou com um tiro na têmpera direita (como é reivindicado), por que é que os Russos nos mostram, o que é suposto ser o crânio de Hitler, com um buraco de bala no fundo da sua cabeça?

  • Por que é que os Russos recusaram que os Aliados Ocidentais vissem o relatório da autópsia de Hitler?

  • Para que razão três submarinos Alemães atracaram no litoral do sul da Argentina mais de dois meses depois do fim da Segunda Guerra Mundial?

  • Qual era o motivo da discórdia entre a Inteligência Militar Russa (SMERSH) e a Polícia de Estado Secreta Russa (NKVD) no que concerne a Hitler?

  • Para que de razão o avião de Hitler aterrou em Barcelona em 27 de Abril de 1945, três dias antes do suposto suicídio?

  • Por que é que Estaline contou aos líderes Ocidentais que Hitler tinha escapado de Berlim?

  • Por que é que no local onde Hitler e Eva Braun, supostamente, foram cremados, as pranchas de madeira não estavam queimadas?




Christianity and War - Um dos principais grupos de apoio para a “guerra contra o terror” e a guerra no Iraque e noutros países desenvolvida por Bush foi o dos Cristãos evangélicos. Apoiavam-se numa justificação religiosa para atacar o Islão e reivindicavam o apoio Bíblico e moral para a sua posição.
Laurence Vance compartilha a sua posição religiosa, mas não a sua política. Acompanhou-os durante uma década, na qual escreveu um livro durante essa luta e que examina as responsabilidades morais de pessoas religiosas em tempos de guerra.
Porém, Vance pagou um alto preço pelos seus escritos reunidos neste excelente livro. Perdeu a sua posição como docente num colégio Bíblico. Mas ao escrevê-lo ele também deixou a todas as gerações futuras de Cristãos uma excelente defesa de uma posição Cristã verdadeiramente histórica em favor da paz e da liberdade.





3 comentários:

Diogo disse...

A sorte de Hitler é um enigma. Mas se ele conseguiu fugir, como é que escapou aos espiões do grande dinheiro?

Johnny Drake disse...

A "sorte" de Hitler é um dos muitos mistérios que, a meu ver, merece se discutida tal como muitos outros aspectos e temas da Segunda Guerra Mundial. Digo da Segunda Guerra Mundial porque, como sabemos, no que diz respeito a qualquer outro tema da história da Humanidade não há qualquer entrave - a outra excepção poderá ser a Religião

Dom-Intolerante disse...

Bom penso que e indiferente onde moreu realmente o fürher. Já cumpliu os obxetivos que tinha marcados na vida ainda que nom se puideron terminar :(

SaudoS