sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Um Nobel da Paz Que... Defende a Guerra!



A cerimónia de entrega do Nobel da Paz ao presidente dos EUA, Barack Obama, ficará para a história como uma das mais polémicas de sempre. Desde logo porque o galardoado passou boa parte do discurso de aceitação do prémio, em Oslo, a defender "guerras justas", como a que decorre no Afeganistão.

Consciente das críticas à escolha do seu nome quando pouco mais tinha feito do que ser eleito presidente de um país envolvido em dois grandes conflitos, Barack Obama explicou aos 900 convidados presentes na sala nobre da Câmara de Oslo que por vezes 'a guerra é necessária'.
[leia a notícia na íntegra]

Gostava de saber a opinião do excelentíssimo senhor Presidente dos EUA sobre este assunto... Será que também "é justo" o que se passa ali...

1 comentários:

Stefano disse...

guerra é paz - Orwell