quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Norman Finkelstein em Portugal

Terá lugar em Portugal uma série de conferências pelo Professor Norman Finkelstein, activista e estudioso internacionalmente conhecido do conflito israelo-palestiniano.


O programa de conferências:

Em Lisboa, dia 29 de Setembro às 18h30 no Auditório da Escola Secundária Luís de Camões: uma conferência com o título “The repercussions of Israel’s Cast Lead Operation for the future of its occupation of the Palestinian territories".

No Porto, dia 30 de Setembro às 18h00 na Cooperativa Árvore: uma conferência com o título “The repercussions of Israel’s Cast Lead Operation for the future of its occupation of the Palestinian territories".

No Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, dia 1 de Outubro às 11h00: uma conferência com o título “Myths
and Realities of the Israel-Palestinian conflict”.

Como promotores do conjunto de conferências temos a Comissão Nacional de Apoio ao Tribunal Russell para a Palestina, o Centro de Estudos Sociais, o Grupo de Acção Palestina, o Sindicato dos Professores da Grande Lisboa, o Sindicato dos Professores do Norte e a Fundação Mário Soares e a Cooperativa Árvore.


Uma nota biográfica sobre Norman Finkelstein:

Internacionalmente conhecido, Norman Finkelsten é um estudioso de temas que dizem respeito ao Sionismo, a Palestina e a ocupação israelita dos territórios palestinianos. É autor de vários artigos e livros com muito interesse nesse campo e é conferencista activo a favor dos direitos políticos e humanos do povo palestiniano e contra a ocupação israelita.
Judeu americano, filho de sobreviventes do Holocausto, Finkelstein aplica um humanismo universalista radical e consistente à sua crítica da ocupação israelita.
A sua crítica implacável da ocupação e dos seus apologistas tem-lhe custado muito, tendo a recusa da DePaul University em conceder-lhe tenure sido o resultado de intervenções sem precedentes e pressões notórias de lobbyistas sionistas (nomeadamente Alan Dershowitz).

A vida e o trabalho do Finkelstein foram objecto de um documentário recente com o título “American Radical”.





O seu livro mais recente, This Time We Went Too Far: Truth and Consequences of the Gaza Invasion (OR Books, New York, 2010) é uma análise crítica do massacre perpetrado por Israel em Gaza de Dezembro 2008-Janeiro 2009 com a Operação Chumbo Fundido. O seu livro The Holocaust Industry (A Indústria do Holocausto, traduzido para o português no Brasil pela editora Record, 2001) analisa criticamente as várias formas de aproveitamento oportunista da realidade do Holocausto pelo Estado de Israel e os seus apologistas para encobrir os crimes cometidos pela ocupação aos palestinianos.

Para mais, podem ver o seu website.


Bibliografia seleccionada:

* Image and Reality of the Israel-Palestine Conflict, Verso, 1995, 2001, 2003.
* The Rise and Fall of Palestine: A Personal Account of the Intifada Years. Minneapolis: U of Minnesota P, 1996.
* “Whither the `peace process'?”, New Left Review, 218, July-August (1996).
* A Nation on Trial: The Goldhagen Thesis and Historical Truth (com Ruth Bettina Birn) Henry Holt and Co., 1998.
* The Holocaust Industry: Reflections on the Exploitation of Jewish Suffering, Verso, 2000; 2001; 2003.
* Beyond Chutzpah: On the Misuse of Anti-Semitism and the Abuse of History. U of California P, 2005.
* “Disinformation and the Palestine Question: The Not-So-Strange Case of Joan Peter's From Time Immemorial” in Blaming the Victims: Spurious Scholarship and the Palestinian Question. Ed. Edward W. Said e Christopher Hitchens. Verso Press, 1988.
* This Time We Went Too Far: Truth and Consequences of the Gaza Invasion, OR Books, New York, 2010.

8 comentários:

Stefano disse...

http://www.4shared.com/document/35IEvy1e/A_Industria_do_Holocaustopdf.htm

Stefano disse...

divulgue trechos do livro no blog

Johnny Drake disse...

O livro já se encontra no blogue para download gratuito...
Mas se o meu amigo quiser fazer o favor de nos transcrever as partes que considera mais importantes, todos nós agradecemos...
Se quiser, pode mandar para o nosso email.

Historiador Livre disse...

http://www.wook.pt/ficha/a-industria-do-holocausto/a/id/108104/filter/

Stefano disse...

http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2010/09/23/na-onu-ahmadinejad-vincula-governo-dos-eua-aos-ataques-de-11-9-921064752.asp

o globo (serviçal de IsraEEUU) rosna contra o Iran!

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1343192-7823-AHMADINEJAD+DIZ+QUE+ATAQUE+DE+DE+SETEMBRO+FOI+CONSPIRACAO+PARA+SALVAR+A+ECONOMIA,00.html

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1343162-7823-DISCURSO+DE+AHMADINEJAD+PROVOCA+REVOLTA+NO+PRIMEIRO+DIA+DA+ASSEMBLEIA+GERAL+DA+ONU,00.html

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1341508-7823-AHMADINEJAD+CAUSA+POLEMICA+EM+DISCURSO+NOS+EUA,00.html

Stefano disse...

riam dessa
http://en.wikipedia.org/wiki/New_antisemitism
http://pt.wikipedia.org/wiki/Noam_Chomsky#Acusa.C3.A7.C3.B5es_de_anti-semitismo
http://pt.wikipedia.org/wiki/Saramago#Cr.C3.ADticas_a_Israel_e_acusa.C3.A7.C3.B5es_de_anti-semitismo
http://holocausto-doc.blogspot.com/2008/10/resenha-do-livro-industria-do.html

Stefano disse...

http://holocausto-doc.blogspot.com/2010/09/nazi-david-irving-visita-polonia.html

Johnny Drake disse...

A Internet está cheia de "informação", mas infelizmente nem sempre está correcta. Nós procuramos denunciar algumas das "verdades absolutas" que nos pretendem impôr como "irrefutáveis". E temos conseguido sempre. A resposta deles é unicamente a CENSURA!