quarta-feira, 18 de março de 2009

Agora os Manuscritos do Mar Morto... Para Quando o Holocausto?


A seita dos essénios, que teria escrito os Manuscritos do Mar Morto, "nunca existiu" - A tese de Rachel Elior sobre os autores dos mais antigos textos bíblicos que sobreviveram até aos nossos dias e que foram descobertos em 1947 é contestada por outros especialistas

Os Manuscritos do Mar Morto, os únicos documentos bíblicos do primeiro século da era cristã que sobreviveram até hoje, podem não ter sido escritos pela seita judaica e esotérica dos essénios, como sempre se pensou? Rachel Elior, investigadora israelita e professora de misticismo judaico na Universidade Hebraica de Jerusalém, lançou a polémica, afirmando não apenas que os essénios não escreveram os manuscritos, mas que esta seita nunca existiu. A base da teoria de Elior é uma ideia muito simples: entre os perto de 900 documentos descobertos entre 1947 e 1956 dentro de potes escondidos em 11 grutas na zona de Wadi Qumran, junto ao Mar Morto, no deserto da Judeia, não há uma única referência aos essénios. Seria razoável, pergunta a investigadora, que os autores destes documentos não se referissem a si próprios nem uma vez? "Desperdiçaram-se 60 anos de investigações para tentar encontrar os essénios nos manuscritos", disse Elior à revista norte-americana Time. "Mas eles não existem. É uma lenda sobre uma lenda."

Pode ler a notícia na íntegra aqui e ler mais sobre este assunto aqui e aqui.


Decididamente, tornou-se uma moda isto de "reescrever" a História. A investigadora é Israelita - mesmo assim não sei se ainda a vão acusar de ser "anti" qualquer coisa... Para alguns investigadores "sérios" que por aí andam ela não passará de mais uma "aldrabona" ou de alguém que "distorce" factos provados...

Repito, qualquer dia ainda aparece alguém com a prova definitiva de que não existiam câmaras de gás nos campos de concentração da Alemanha Nazi! E depois como vai ser?...
Será que desta vez algum País, algum representante de qualquer coisa!, vai exigir uma indeminização por estarem a querer desvalorizar, inventar ou questionarmatéria religiosa?!

2 comentários:

vespa disse...

O Quinto Evangelho
http://dragoscopio.blogspot.com/2009/03/o-quinto-evangelho.html

Johnny Drake disse...

Muito bem visto ;)