sexta-feira, 19 de março de 2010

"Crimes de Ódio" Só Para Alguns

Quando iniciei aqui uma série de 'posts' sobre o "SIONISMO DESMASCARADO", a ideia era, para aqueles que insistem em misturar tudo, demonstrar que CRITICAR A POLÍTICA INTERNACIONAL DE ISRAEL, POR EXEMPLO, PARA COM A QUESTÃO PALESTINIANA, NÃO PODE SER CONSIDERADO ANTI-SEMITISMO. Mais: o que se condena não são os Judeus e o seu culto, mas sim os Sionistas e os tentáculos do seu lobby, especialmente na política internacional dos EUA. Portanto, a acusação de que este blogue é um local de "ódio a Israel e ao Judaísmo", ou de puro "anti-semitismo", não cola e só serve para desviar as atenções do verdadeiro problema.

A estratégia de certos crentes é sempre a mesma. Veja-se no caso de Robert Faurisson. É anunciado com "negacionista do Holocausto", alguém que "já foi punido pelos Tribunais", alguém que "apela ao ódio", etc. Mas não vejo nenhum daqueles crentes confrontar as suas ideias com outras respostas. Nem precisam. Actualmente, se Faurisson (ou aguém que partilhe da sua opinião) abre a boca, é multado ou preso, pois o facto histórico denominado Holocausto é o único que não permite uma discussão aberta.

Vamos a mais um exemplo simples. Vejam este vídeo -que se encontrava inicialmente aqui, mas que foi removido por ser considerado um "discurso de ódio":





O vídeo nunca será analisado pelo tema em si, pela questão levantada - o último filme de Tarantino - mas sim por quem fala e pelo seu passado. Inglourious Basterds não passa de um filme doente, sádico, que defende a tortura. Em resumo, é um filme de ódio Judaico. No entanto, com a aprovação que tem merecido dos principais média, só vem demonstrar o quanto doente anda Hollywood e os média controlados pelos lobbys Sionistas. Porém, David Duke pode falar do que quiser, porque os crentes exterminacionistas apenas falarão do seu passado de militância no KKK. Irão sempre rotular as suas palavras de "ódio" e censurarão os seus vídeos. Ou seja, mesmo que seja tudo verdade o que ele diz, como ele pertenceu a um grupo ou associação "criminosa" passa a ser mentira ou a não ter credibilidade.

3 comentários:

Stefano disse...

Robert Faurisson. É anunciado com "negacionista do Holocausto", alguém que "já foi punido pelos Tribunais", alguém que "apela ao ódio", etc.

versão 1984: Goldstein é alvo dos 2 minutos de ódio, foi mandado pro quarto 101 pois cometeu uma crimidéia.... O Holocau$to foi promulgado pelo MiniVer.

Stefano disse...

Ah.. a midia sionista ainda tem a cara de pau de falar mal de Cuba, China....

Stefano disse...

Die Fahne hoch!
Die Reihen dicht geschlossen!
MOSSAD marschiert
Mit ruhig festem Schritt
|: Kam'raden, die HAMAS
Und HEZBOLLAH erschossen,
Marschier'n im Geist
In unser'n Reihen mit :|

2. Die Straße frei
Den JUDEN Bataillonen,
Die Straße frei
Dem Sturmabteilungsmann!
|: Es schau'n aufs DAVIDSTERN
Voll Hoffnung schon Millionen
Der Tag für Freiheit
Und für KOSHER bricht an :|

3. Zum letzten Mal
Wird zum Appell geblasen!
Zum Kampfe steh'n
Wir alle schon bereit.
|: Bald flattern ZION fahnen
Über allen Straßen.
Die Knechtschaft dauert
Nur noch kurze Zeit! :|

(PARÓDIA)